SPINFIT CP100+, CP100, CP145, CP155, CP240, CP360, CP500, CP800, CP1025

>>Caso você seja novo aqui, recomendo que leia a página “Apresentação” deste blog<<

INTRODUÇÃO:

A SpinFit é uma empresa Taiwanesa fundada no ano de 2009 e que fabrica especialmente Eartips (“ponteiras”/”borrachinhas” como chamamos aqui no Brasil) para fones intra-auriculares. A empresa é hoje uma das maiores fabricantes nesse segmento, todo mundo que entra no hobby dos fones de ouvido logo logo descobre as famosas SpinFit.

As Eartips da SpinFit tem como característica principal o eixo flexível que procura se adaptar à curvatura do canal auditivo. A ação acontece ao inserir o fone no ouvido e a Eartip fazer uma leve mudança de posição se ajustando à anatomia do ouvido do usuário.

Hoje eu irei fazer uma apanhado sobre alguns modelos que possuo aqui, a citar: CP100+, CP100, CP145, CP155, CP240, CP360, CP500, CP800, CP1025. Os preços variam entre $10,99 a $16,99 dólares, dependendo do modelo (tomando por base o preço da loja oficial na Amazon).

Link da SpinFit:

https://www.spinfiteartip.com/en

https://www.amazon.com/spinfit

ESPECIFICAÇÕES:

Modelo
CP100/CP100+
CP145
CP155
CP240
CP240(+adaptador)
CP360
CP500
CP800
CP1025

Largura do tubo
4mm
4.5 mm
5.5 mm
4 mm
3 mm
3.6 mm
5.5 mm
2 mm
3.6 mm

Bocal do fone
4.5 – 5.5 mm
5 – 6 mm
6 – 7 mm
4.5 – 5 mm
2.5 – 3 mm
4 – 5.5 mm
6 – 7 mm
3 – 3.5 mm
4 – 5.5 mm

ASPECTOS FÍSICOS & SONOROS:

CP100+

Novo modelo lançado em 2021 baseado na SpinFit CP100. Esse novo modelo utiliza “Medical Grade Silicone”, que seria um tipo de silicone utilizado em objetos que podem entrar em contato com a pele sem causar efeitos colaterais.

A CP100+ é basicamente a mesma CP100, eu sinceramente não percebi nenhuma diferença, nem em aspectos físicos nem em aspectos sonoros, até porque se tem as mesmas características evidentemente o som vai ser igual (nesse caso). Tirando a cor que a CP100+ tem o tubo puxado pro rosa/translúcido, e a CP100 o tubo é em vermelho, de resto pra mim as duas Eartips são idênticas (em comparação à última versão da CP100).

A embalagem desse modelo não pode mais ser dividida e comercializada apenas um par, no caso desse novo modelo em questão vai ter que ser adquirido dois pares de vez, e aí a gente já sabe que o preço também vai dobrar. A dica aqui é se for pra testar a marca pela primeira vez, melhor começar pela CP100 e se caso pretender adquirir mais, aí fazer a aquisição da CP100+.

CP100

Provavelmente a mais popular e mais vendida Eartip da SpinFit. Esse modelo se não me engano já é a terceira versão da CP100. Quando fui comprar minha primeira SpinFit – a CP100 – eles tinham acabado de lançar essa versão, me lembro que eu tive que perguntar ao vendedor se era essa última versão, pra ele não me mandar a anterior.

Eu fiz um teste comparativo da CP100 com a CP360, elas são bem parecidas, a diferença maior fica mais no comprimento do tubo (e a cor). O resultado em aspectos físicos é que a CP360 ficou melhor no quesito encaixe, por ela ter o que eu chamo de “perfil raso”, o fone acabou ficando bem acoplado na região da concha do meu ouvido, sem deixar aquela partezinha protusa.

Em aspectos sonoros, a CP100 conferiu mais graves e mais soundstage (palco sonoro), dando uma sensação mais ‘warm’ (calor) à apresentação, e a CP360 ficou com médios mais frontais e agudos infimamente mais destacados, deixando a apresentação com uma sonoridade um pouco mais fria.

CP145

A CP145 foi realmente uma grata surpresa, lembro que quando fui comprar minha primeira SpinFit, eu estava indeciso qual pegar, se a CP100 ou a CP145, acabei pegando a CP100 porque achei que a CP145 ia ficar maior. Realmente nas metragens a CP145 é maior que a CP100, mas isso no ouvido não se traduziu da mesma forma, a diferença de tamanho foi tão pequena que não chegou a me causar problema.

Achei que a CP145 tem uma inserção um pouco mais funda no ouvido em relação à CP100. O material da CP145 pra mim é mais macio do que a CP100, porém a CP100 dá um “Grip” (agarro) maior que a CP145. Então eu diria que pra quem tem algum problema com o fone ficar saindo do ouvido, a CP100 seria mais recomendada, e pra quem busca mais conforto, tipo pra longas audições, a CP145 tem uma textura mais suave, na minha opinião.

A CP145 tem um truque que pode deixar o encaixe do fone ainda melhor. Como a largura do bocal dela é um pouco maior que a da CP100, é possível empurrar a Eartip para além do espaço que há reservado no bocal, isso é, dá pra você recuar a Eartip quase que pra base do fone, e aí o corpo do fone vai ficar mais inserido. Isso pra mim é melhor, porque o fone fica bem certinho dentro da concha do ouvido.

Na questão do som, em comparação com a CP100, eu achei que a CP145 entrega um som um pouco mais aberto, com sensação de maior espacialidade, mas honestamente reconheço que nesse processo de troca de uma Eartip pela outra, pode ser que tenha rolado um placebo nessa comparação, porque num contexto geral a forma do som não foi alterada.

CP155

Essa foi outra que cheguei a cogitar quando fui comprar uma SpinFit pela primeira vez. Lembro que por ser maior em largura e comprimento eu acabei priorizando os outros modelos mais curtos. Ela tem uma característica que me lembra um pouco a Starline da KZ, acho que elas me “cutucam” o ouvido. Essa CP155 me causou a mesma sensação, de a Eartip estar “encostando” lá no fundo. Vejo que essa realmente não iria suprir minha necessidade, porque também a largura do tudo já é bem maior do que a largura dos bocais dos fones que eu tenho aqui. Assim, dá pra usar, mas ela fica folgada no bocal.

Por incrível que pareça, elas ficaram bem encaixadas no meu ouvido, o silicone utilizado é de boa qualidade, bem macio, similar à textura que presenciei na CP145, só a cor é diferente. Tirando os detalhes que citei no parágrafo anterior, acho que essa seria mais recomendada pra quem tem fones com bocal mais largo e quer uma inserção mais profunda.

Fazendo uma comparação entre a CP155 e a CP145, em aspectos sonoros, eu achei que a CP145 confere um impacto mais nítido pros graves, já a CP155 apresentou menos presença na região dos graves, mais destaque nos agudos, e mais soundstage (palco sonoro). Agora, entre essas duas eu escolheria a CP145, sem dúvidas.

CP240

Das SpinFit que testei, essa foi a mais “diferente”. É a chamada ‘Double Flange’ (em inglês), no português eu chamo de ‘Domo Duplo’. Ela vem com uma pequena peça/adaptador que reduz a largura do tubo de passagem do som, certamente para os fones que possuem o bocal mais estreito. A peça se chama “SW-Tube”.

O encaixe não ficou muito legal, o fone ficou muito pra fora dos meus ouvidos, e mesmo fazendo uma inserção mais profunda. O eixo também não é tão flexível quanto aos demais modelos que testei. Pra quem tiver interessado nessa, acho deve escolher um tamanho menor do que o que geralmente usa. Por exemplo, eu uso M e essa da foto é M, então acho que pra ficar melhor eu deveria escolher tamanho S (small), o equivalente a tamanho P no Brasil. Agora, não saberia dizer como ficaria a questão do selamento no tamanho P, já que não testei o respectivo modelo.

Com relação ao som dessa Eartip, eu não curti muito não, comparando com os outros modelos que testei o som ficou “abafado”, os graves ficaram mais enfatizados e os médios mais recuados. Conseguiu adicionar mais soundstage (palco sonoro), mas de outra forma, cortou o brilho e o detalhamento dos instrumentos mais agudos (na minha opinião).

CP360

Segundo a SpinFit, esse modelo foi desenvolvido para uso com fones TrueWireless (TWS). Na prática, serve tanto para IEMs quanto para TWSs. Interessante é que a SpinFit tem o modelo CP350 que também é indicado pra TWS, e talvez o encaixe seja até melhor do que a CP360, porém não testei, não tenho como afirmar, além do que isso é subjetivo.

O pacote vem com dois pares em dois tamanhos diferentes, no caso aqui os tamanhos M e S, embora eu só testei o tamanho M para essa análise. Ter dois tamanhos inclusos já é algo positivo, mas não o ideal, o bom mesmo seria que as empresas colocassem todos os tamanhos em um “pack” só, sem risco da pessoa comprar o tamanho errado.

O Encaixe da CP360 foi muito bom, devo dizer que gostei mais em uso com IEMs do que com TWSs (mais sobre isso na parte da CP1025). E também digo que gostei até mais da CP360 do que da CP100, claro que isso não é definitivo, depende muito do formato de cada fone.

Eu fiz um comparativo entre a CP360 e a CP100, está postado lá no tópico da CP100. Foi bem difícil fazer esse comparativo, as diferenças são “microscópicas”, mas existem sim.

CP500

A CP500 segue basicamente aquela mesma questão que abordei na CP155, de gerar em mim o que acontece quando uso as Eartips da KZ, sinto uma sensação de estar sendo “cutucado” no interior do canal auditivo. Essa até menos do que na CP155 e na KZ Starline, mas ainda assim não me senti tão confortável quanto às outras Eartips da SpinFit.

Segundo a empresa, ela foi desenvolvida para os fones das marcas: Final, Pioneer, JVC, Audio-Technica. Vocês podem ver aí na foto como ela fica com fones “normais”, tipo no meio do bocal. Se o fone tiver um bocal com comprimento menor ela até chega na base, mas aí entra a questão da largura, 5.5mm não fica boa em qualquer fone, aqui por exemplo ela ficou folgada no bocal. Tem que ser realmente o fone específico pra essa Eartip, e no momento não possuo nenhuma dessas marcas, então fiz um improviso com um fone “normal”.

O encaixe não ficou bom pra mim, o selamento também não, e por consequência disso, o som também foi afetado, houve uma redução considerável dos graves, e a apresentação ficou mais fria, mais “Bright”.

CP800

Essa infelizmente foi a única que não pude testar porque não possuo no momento nenhum fone que tenha o bocal compatível com o furo da Eartip. Esse modelo é indicado pra fones como Shure, Etymotic, Audiosense (modelos antigos), entre outros fones com o bocal mais fino. Quem sabe num futuro eu venha a testar algum fone com esse tipo de bocal. Pra quem já tem alguns desses fones citados, fica aí a indicação pelo menos.

CP1025

Esse modelo foi especialmente projetado para ser usado nos Apple AirPods Pro. O produto vem com uma peça/adaptador específico para o encaixe com o fone citado. Devo dizer que não possuo o Airpods Pro, mas eu testei em outros TWSs convencionais, foi só não usar com o adaptador. O que percebi foi que: a experiência com o Astrotec S80 Plus foi positiva, o fone ficou mais inserido no meu ouvido do que com a Eartip original. Tudo bem estamos falando de alterações minúsculas, mas se pra melhor, então é bem vinda.

Testei a CP1025 com o EarFun Free Pro também e eu achei que ficou com uma inserção mais confortável do que com a Eartip original do fone. O encaixe também melhorou, mas não mudou tanto, porque bem verdade os arcos que vem no EarFun também ajudam na estabilização do fone.

Eu fiz uma comparação pra testar o encaixe entre a CP360 e a CP1025 com os dois TWS (S80 Plus e Free Pro), e na minha opinião, a CP1025 teve um desempenho melhor nos meus ouvidos. Os TWSs ficaram levemente mais inseridos do meu canal auditivo, e aí a estabilização também ficou melhor.

O produto foi de fato desenvolvido para ser usado com os Apple AirPods Pro, mas eu fiz esse truque e achei que isso pode ser uma boa solução pra uso com outros TWSs em geral.

________________________________________

PS: As imagens em estilo desenho foram retiradas do site oficial da SpinFit, e eu fiz algumas adaptações dos dizeres para o português.

PS.2: Todos os modelos de SpinFit testados foram no tamanho M (médio).



Se você chegou até aqui, muitíssimo obrigado!

Considere seguir o Facebook e o Instagram do site para receber todas as novidades em primeira mão!

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑